Anais do Congresso Anual da ABM


ISSN 2594-5327

69° Congresso Anual da ABM - Internacional vol. 69, num.69 (2014)


Título

AVALIAÇÃO DAS TENSÕES RESIDUAIS DO AÇO INOXIDÁVEL DUPLEX UNS S32304 SUBMETIDO A DIFERENTES CONDIÇÕES DE TRATAMENTO TÉRMICO

RESIDUAL STRESSES EVALUATION OF THE UNS S32304 DUPLEX STAINLESS STEEL SUBJECTED TO DIFFERENT HEAT TREATMENT CONDITIONS

DOI

10.5151/1516-392X-25146

Downloads

Baixar Artigo 316 Downloads

Resumo

As tensões residuais são geradas, sobre um material em equilíbrio, após a deformação plástica não uniforme causada por cargas mecânicas, térmicas ou mudanças de fase. Falhas estruturais podem ocorrer por uma combinação dos efeitos das tensões de serviço e das tensões residuais o que torna importante a medição e avaliação de como estas afetam as propriedades mecânicas dos materiais. Neste trabalho investigaram-se os valores médios das tensões residuais da fase austenítica de amostras de aço inoxidável duplex UNS S32304 por técnica de difração de raios-x. Acompanhou-se o comportamento do plano 420 com radiação CuKa (?= 1,5419 A  ) em difratometro de geometria Bragg-Brentano. As amostras foram tratadas a 600°C com tempos de encharque de 10 minutos, 20 minutos e 8 horas em atmosfera ambiente e resfriamento ao ar e água do mar. Os resultados foram analisados pelo método do sen²? e indicam que as variações microestruturais e térmicas, relacionadas aos diferentes tratamentos, influenciam o valor médio das tensões residuais da fase em estudo.

 

Residual stresses are generated on a material in equilibrium, after the non-uniform plastic deformation caused by mechanical loads, thermal or phase changes. Failures can occur for a combination of the operating stress and residual stresses which makes important to measure and evaluate how these last affect the mechanical properties of materials. In this work it was investigated the average values of the residual stresses in samples of UNS S32304 duplex stainless steel by x-ray difraction. It was followed the behavior of the 420 austenitic plan with CuKa radiation (? = 1.5419 ?) in a diffractometer with a Bragg-Brentano geometry. The samples were treated at 600°C, with soaking times of 10 minutes, 20 minutes and 8 hours. After they was seawater cooling and air-cooled. The results were analyzed by the sin² ? method and indicate that the thermal variations related to different treatments influence the average value of the residual stresses in the austenitic phase.

Palavras-chave

Tensão residual; Aços inoxidáveis duplex; Tratamentos térmicos; Difração de raios-x

Residual stress; Duplex stainless steel; Heat treatment; X-ray diffraction

Como citar

Mariana Xavier Milagre; Caruline de Souza Carvalho Machado; Marcos Tadeu D’Azeredo Orlando; Jesualdo Luiz Rossi; Luiz Gallego Martinez; Marcelo Camargo Severo de Macêdo; Cherlio Scandian. AVALIAÇÃO DAS TENSÕES RESIDUAIS DO AÇO INOXIDÁVEL DUPLEX UNS S32304 SUBMETIDO A DIFERENTES CONDIÇÕES DE TRATAMENTO TÉRMICO , p. 9127-9137. In: 69° Congresso Anual da ABM - Internacional, São Paulo - Brasil, 2014.
ISSN: 2594-5327 , DOI 10.5151/1516-392X-25146