Anais dos Seminários de Redução, Minério de Ferro e Aglomeração


ISSN 2594-357X

18º Simpósio de Mineração vol. 47, num.18 (2017)


Título

FERRAMENTAS PARA A INVESTIGAÇÃO DO DESEMPENHO DA FLOTAÇÃO NO MINAS-RIO

TOOLS TO INVESTIGATE FLOTATION PERFORAMNCE AT MINAS-RIO

DOI

10.5151/2594-357X-30532

Downloads

Baixar Artigo 277 Downloads

Resumo

O complexo Minas-Rio da Anglo American iniciou suas operações em agosto de 2014. A usina de tratamento produziu, em 2016, cerca de 15,5 milhões de toneladas de concentrado. O minério, explorado em Conceição do Mato Dentro (MG), passa pelas etapas de cominuição, classificação, concentração e separação sólido-líquido antes de ser bombeado por 529 km até São João da Barra (RJ), onde é filtrado, estocado e embarcado para exportação. Durante a fase de projeto, a utilização de equipamentos pilotos com capacidade de centenas de quilos por hora foi de fundamental importância para verificação da viabilidade técnica do tratamento do minério. Contudo, a realização de um teste exigia um esforço muito grande, devido aos grandes volumes de minério necessários. Por isso, com o início das operações, os testes em escala de bancada começaram a ser mais explorados. Além deles, testes em mini planta piloto com capacidade de dezenas de quilos por hora são muito utilizados, pois permitem simular de forma simples diferentes circuitos. O trabalho tem por objetivo mostrar essa evolução histórica na utilização de ferramentas para avaliação do desempenho da flotação, com exemplos de resultados práticos obtidos, e como os mesmos influenciaram a tomada de ações que culminaram em melhorias industriais.

 

Anglo American's Minas-Rio complex started the operations in August 2014. The treatment plant produced about 15.5 million tons of concentrate in 2016. The Iron ore, operated in Conceição do Mato Dentro (MG), undergoes stages of comminution, classification, concentration and solid separation before being pumped for 529 km to São João da Barra (RJ), where it is filtered, stored and shipped. During a project phase, the use of pilot equipment with a capacity of hundreds of kilos per hour was of fundamental importance for the verification of the technical viability of the treatment of the ore. However, conducting a test required a very large effort due to the large volumes of ore required. Therefore, with the start of operations, bench scale tests began to be more exploited. In addition to them, mini pilot plant tests with capacities of tens of kilos per hour are widely used, show simulators of simple different circuits. The objective of this work is to show the historical evolution in the use of tools to evaluate flotation performance, with examples of practical results obtained, and how they influenced the actions that culminated in industrial improvements

Palavras-chave

Minério de ferro, concentração, flotação, laboratório de processo, piloto

Iron ore, concentration, flotation, process laboratory, pilot

Como citar

Menezes, Késsius Bortolan; Turrer, Henrique Dias Gatti; Machador, Luis Cláuzio de Rennó; Malinga, Thokozani; Duarte, Bolivar Bruno Otony; Silva, Julio César; Russo, José Francisco Cabello. FERRAMENTAS PARA A INVESTIGAÇÃO DO DESEMPENHO DA FLOTAÇÃO NO MINAS-RIO , p. 256-265. In: 18º Simpósio de Mineração, São Paulo, 2017.
ISSN: 2594-357X , DOI 10.5151/2594-357X-30532