Anais dos Seminários de Redução, Minério de Ferro e Aglomeração


ISSN 2594-357X

18º Simpósio de Mineração vol. 47, num.18 (2017)


Título

AVALIAÇÃO DA DEGRADAÇÃO BACTERIANA DE CIANETO COM USO DA BACTERIA BACILLUS PUMILUS

EVALUATION OF BACTERIAL DEGRADATION OF CYANIDE WITH BACILLUS BACILLUS PUMILUS

DOI

10.5151/2594-357X-30830

Downloads

Baixar Artigo 123 Downloads

Resumo

O presente trabalho avaliou a capacidade de degradação bacteriana de cianeto da cepa Bacillus pumilus em efluentes contaminados. Para isso foram realizados estudos de degradação bacteriana de cianeto em frascos agitados e incubados em agitador orbital durante 120 horas. Os ensaios aconteceram em três etapas; a primeira etapa consistiu na ativação e crescimento da bactéria em meio Luria Bertani, seguida da adaptação a ambientes alcalinos e por ultimo a etapa de degradação de cianeto. A proporção de inoculo foi de 1:500. Utilizou-se tampão CAPS para manter o pH alcalino. Para avaliação da degradação de cianeto foi preparada uma solução sintética contendo 500mgL-1 de cianeto de potássio pH 10. Foi avaliada a influencia da temperatura na degradação bacteriana (27, 32 e 37oC). O controle do crescimento celular foi realizado por medidas de densidade óptica com comprimento de onda λ=600nm. A quantificação do cianeto livre foi realziada por polarografia utilizando-se o analisador voltamétrico (computrace control 797 Metrohm). Dos resultados obtidos foi possível determinar que a cepa B. pumilus obteve melhor desempenho na degradação de cianeto a temperatura de 27oC conseguindo degradar 100% do cianeto livre presente na solução. O tempo empregado para a degradação total do cianeto foi de 3 dias.

 

The present study evaluated the ability for cyanide degradation of a Bacillus pumilus strain in contaminated effluents. In order to achieve that, cyanide degrading assays were performed in incubated flasks during 120 hours. Assays were performed in three stages. First stage consisted in the activation and growth of bacteria. Second stage, in the adaptation of strain to an alkaline medium. Finally, third stage was the cyanide degradation assay. Medium used for bacterial growth was Luria Bertani and the proportion for inoculum was 1:500. CAPS buffer was used to keep alkaline pH. For cyanide degradation assay, a 500mgL-1 KCN pH 10 solution was prepared. Temperature influence in bacterial degradation was evaluated through assays at 27, 32 and 37oC. Cellular growth was analyzed using optical density at λ=600nm. A polarographic method using a voltammetric analysis instrument (Computrace Control 797 Metrohm) was employed to measure free cyanide concentration. Results obtained showed that B. pumilus strains degraded free cyanide better at 27oC. 100% of free cyanide was degraded in solution with B. pumilus after 3 days of incubation.

Palavras-chave

Cianeto, Degradação bacteriana, B. pumilus.

Cyanide, Bacterial degradation, B. pumilus.

Como citar

Rosario, Carlos Gonzalo Alvarez; Arévalo, Amzy Tania Vallenas; Espinosa, Denise Crocce Romano; Tenório, Jorge Alberto Soares. AVALIAÇÃO DA DEGRADAÇÃO BACTERIANA DE CIANETO COM USO DA BACTERIA BACILLUS PUMILUS , p. 389-398. In: 18º Simpósio de Mineração, São Paulo, 2017.
ISSN: 2594-357X , DOI 10.5151/2594-357X-30830