Anais do Congresso Anual da ABM


ISSN 2594-5327

73º Congresso Anual da ABM vol. 73, num.73 (2018)


Título

INCORPORAÇÃO DE BIOMASSA SECA DE EICHhORNIA CRASSIPES EM CERÂMICA VERMELHA

NCORPORATION OF DRY BIOMASS OF EICHHORNIA CRASSIPES IN RED CERAMICS

DOI

10.5151/1516-392X-31778

Downloads

Baixar Artigo 62 Downloads

Resumo

A Lagoa do Vigário, localizada em Campos dos Goytacazes/RJ, encontra-se eutrofizada e em razão disto, é visível a presença de grande quantidade da macrófita de Eichhornia Crassipes, que é indicadora de ambientes poluídos. Elas são muito utilizadas na técnica da fitorremediação. As massas cerâmicas suportam a incorporação de resíduos industriais e urbanos, que quando adicionado em quantidades controladas, não causam grandes variações de suas propriedades. Dentre esses resíduos, os combustíveis apresentam alto poder calorífico devido à elevada quantidade de matéria orgânica, e favorecem na economia de energia. Nesta pesquisa, objetivou-se estudar a viabilidade do uso de biomassa seca de Eichhornia Crassipes na produção de cerâmica vermelha. Foram preparadas composições com incorporações em até 10% em peso da biomassa, homogeneizadas, umedecidas e conformadas por extrusão, posteriormente queimadas de 650 a 1050°C. Foram determinadas as propriedades de densidade aparente à seco, retração linear de queima, absorção de água e resistência mecânica. Os resultados mostraram que é viável a incorporação dessa biomassa, mas que a quantidade deve ser controlada. Incorporações em até 5% de biomassa atendem a limites normatizados, e pode ser indicado como uma alternativa aplicável para sua destinação.

 

The Vigário Lagoon, located in Campos dos Goytacazes/RJ, is eutrophicated and due to this, the presence of large amounts of the macrophyte of Eichhornia Crassipes, which is indicative of polluted environments, is visible. They are widely used in the phytoremediation technique. Ceramic masses support the incorporation of industrial and urban waste, which when added in controlled quantities, do not cause large variations of its properties. Among these wastes, fuels have a high calorific value due to the high amount of organic matter, and favor energy saving. The objective of this research was to study the feasibility of the use of dry biomass of Eichhornia Crassipes in the production of red ceramics. Compositions were prepared incorporating up to 10% by weight of the biomass, homogenized, moistened and extruded, subsequently fired at 650 to 1050°C. The properties of dry apparent density, linear shrinkage, water absorption and mechanical strength were determined. The results showed that the incorporation of this biomass is feasible, but that the amount should be controlled. Incorporations of up to 5% of biomass meet normative limits, and can be indicated as an applicable alternative for its destination.

Palavras-chave

Biomassa; Resíduo combustível; Eichhornia Crassipes; Cerâmica vermelha.

Biomass; Fuel wastes; Eichhornia Crassipes; Red ceramics.

Como citar

Babisk, Michelle Pereira; Barreto, Gabriela Nunes Sales; Delaqua, Geovana Carla Girondi; Gadioli, Monica Castoldi Borlini; Vieira, Carlos Maurício Fontes. INCORPORAÇÃO DE BIOMASSA SECA DE EICHhORNIA CRASSIPES EM CERÂMICA VERMELHA , p. 1840-1850. In: 73º Congresso Anual da ABM, São Paulo, 2018.
ISSN: 2594-5327 , DOI 10.5151/1516-392X-31778