Anais do Congresso Anual da ABM


ISSN 2594-5327

71th ABM Annual Congress vol. 71, num.71 (2016)


Título

VIABILIDADE DA UTILIZAÇÃO STENTS METÁLICOS BIODEGRADÁVEIS

VIABILITY FOR USE METAL BIODEGRADABLE STENTS

DOI

10.5151/1516-392X-27844

Downloads

Baixar Artigo 796 Downloads

Resumo

A aterosclerose é um termo geral relativo a diversas doenças relacionadas ao espessamento e perda de elasticidade da parede arterial. Atualmente os maus hábitos alimentares, combinados ao sedentarismo, podem levar a ocorrência de elevados níveis de colesterol na corrente sanguínea. Este fato aumenta o risco de obstrução dos vasos sanguíneos, limitando o fluxo do sangue para o coração. Desta maneira, para desobstruir o vaso sanguíneo e manter o lúmen arterial aberto é colocado um stent. Os stents são redes, normalmente de ligas metálicas, que servem para desobstruir os vasos sanguíneos. O tratamento de doenças das artérias coronárias e periféricas usando stents metálicos tem sido adotado nas intervenções médicas nos dias de hoje. No entanto, surgiram argumentos que indicavam os benefícios de remover o stent após este ter feito a desobstrução, originando desenvolvimento de stents biodegradáveis. Estes exigem propriedades mecânicas adequadas, biocompatibilidade adequada, garantindo uma baixa toxicidade dos produtos de degradação. Com isso, o objetivo deste trabalho é o estudo preliminar sobre stents metálicos biodegradáveis, como ferro puro, magnésio. Além disso, avaliar se os mesmos são adequados para aplicação à stents biodegradáveis, avaliando as propriedades mecânicas dos metais, biocompatibilidade e toxicidade dos compostos degradados ao longo do tempo de implantação.

 

The atherosclerosis is a general term for several diseases related to thickening and loss of elasticity of the arterial wall. Currently the bad eating habits, combined with physical inactivity can lead to occurrence of high levels of cholesterol in the bloodstream. This fact increases the risk of obstruction of the blood vessels, limiting the flow of blood to the heart. This way, to clear the blood vessel and maintain the arterial lumen open is placed a stent to assist the flow of blood. The stents are networks, usually of metal alloys, which serve to clear the blood vessels. The treatment of diseases of the coronary arteries and peripheral using metallic stents have been adopted in medical interventions in today. However, there have been arguments that indicated the benefits of removing the stent after it has done the clearing, that led to the development of biodegradable stents. These require appropriate mechanical properties, biocompatibility, ensuring a low toxicity of the products of degradation. The objective is the preliminary study on biodegradable metallic stent. In addition, metals properties such as ductility, yield and tensile strength, adequate biocompatibility and low toxicity of the compounds degraded all along the time of deployment.

Palavras-chave

Aterosclerose, Biodegradável, Ferro, Stent

Atherosclerosis, Biodegradable, Iron, Stent

Como citar

Caumo, Paula Rodrigues; Silva, Renan Luis da; Tavares, André; Wermuth, Diego Pacheco; Schaeffer, Lirio. VIABILIDADE DA UTILIZAÇÃO STENTS METÁLICOS BIODEGRADÁVEIS , p. 846-855. In: 71th ABM Annual Congress, Rio de Janeiro, 2016.
ISSN: 2594-5327 , DOI 10.5151/1516-392X-27844