Anais do Enemet - Encontro Nacional de Estudantes de Engenharia Metalúrgica, de Materiais e de Minas


ISSN 2594-4711

18° ENEMET vol. 18, num.18 (2018)


Título

EFEITO DE FINOS DE COQUE E DO RECOBRIMENTO EM QUASE-PARTÍCULAS

EFFECT OF COKE BREEZE AND COATING ON QUASI-PARTICLES

DOI

10.5151/2594-4711-31927

Downloads

Baixar Artigo 119 Downloads

Resumo

O processo Hybrid Pelletized Sinter (HPS), rota de sinterização híbrida na qual a aglomeração a frio de minério acontece em duas etapas, foi uma das tecnologias desenvolvidas para trabalhar com elevados percentuais de ultrafinos de minério de ferro. Após a formação dos grânulos por essa rota, existe uma etapa denominada coating, caracterizada por um recobrimento desses com finos de coque. Diversos autores comprovaram o aumento da eficiência de combustão quando esse recobrimento é feito, porém pouco se sabe a respeito do seu efeito na aglomeração a frio. Dentro desse cenário, com objetivo de identificar o efeito dos finos de coque na granulação e no recobrimento das quase-partículas, foram realizados ensaios de aglomeração à frio conduzidos em uma rota HPS de escala laboratorial. Os resultados mostraram que misturas contendo o coque no interior dos aglomerados diminuem seus tamanhos e os fragilizam. Além disso, o recobrimento se mostrou mais efetivo quando realizado com partículas de coque de menor granulometria (<0,2 mm), embora tenha demonstrado uma baixa resistência a queda.

 

The Hybrid Pelletized Sinter (HPS) process, a hybrid sintering route in which the cold agglomeration of ore takes place in two stages, was one of the technologies developed to deal with the iron ore agglomeration with high percentages of ultrafines. After the formation of the granule by this route, there are its coating with coke breeze. Several authors have confirmed the increased combustion efficiency when this coating is done, but little is known about its effect on cold agglomeration. In this scenario, in order to identify the coke breeze effect on the granulation and the coating of the quasi-particles, cold agglomeration tests were carried out on a laboratory-scale HPS route. The results showed that blends containing coke breeze within the agglomerates decrease their size and weaken them. In addition, the coke breeze for the coating should have adherent particle size (<0.2 mm) for this to occur, but that they fall apart in the process of falling.

Palavras-chave

Processo HPS; Recobrimento; Finos de coque; Sinterização.

HPS process; Coating; Coke breeze; Sintering.

Como citar

Oliveira, Arthur Felipe Lino; Lopes Júnior, Rafael Adriano; Flores, Ismael Vemdrame; Bagatini, Maurício Covcevich. EFEITO DE FINOS DE COQUE E DO RECOBRIMENTO EM QUASE-PARTÍCULAS , p. 169-178. In: 18° ENEMET, São Paulo, 2018.
ISSN: 2594-4711 , DOI 10.5151/2594-4711-31927