Anais do Enemet - Encontro Nacional de Estudantes de Engenharia Metalúrgica, de Materiais e de Minas


ISSN 2594-4711

Título

ESTUDO COMPARATIVO SOBRE A TAXA DE OXIDAÇÃO DE AÇOS ESTRUTURAIS NO LITORAL E NO INTERIOR DO ESTADO DE SÃO PAULO

COMPARATIVE STUDY ON THE STRUCTURAL STEEL OXIDATION RATE ON THE COAST AND IN THE INTERIOR OF THE STATE OF SÃO PAULO

DOI

10.5151/2594-4711-33905

Downloads

Baixar Artigo 2 Downloads

Resumo

Estruturas de aço são utilizadas em diversas aplicações na construção civil, com vantagens relativas a outros tipos de construções, tais como leveza e rapidez na execução da obra. Porém um dos maiores problemas neste tipo de sistema construtivo é a corrosão atmosférica a que estará sujeita o aço estrutural utilizado. Com o objetivo de se avaliar a resistência à corrosão atmosférica, neste trabalho, foram construídos painéis expositores, conforme a NBR 6209, para manter corpos de prova de aço estrutural comum e patinável, por um período inicial de setenta dias em dois locais distintos, categorizados com de agressividade ambiental I e III, respectivamente interior e litoral do estado de São Paulo. Superficialmente o processo de degradação foi nitidamente diferenciado, com o mesmo resultado sendo apontado pela alteração da massa das amostras, que se elevou durante a exposição ao ambiente de agressividade III, já que os produtos de corrosão formados não se desprenderam no curto período de tempo do teste. Mesmo considerado que a norma estipula um tempo mínimo de dois anos de duração para o ensaio, que ainda está em andamento, o presente estudo aponta a necessidade de adotar mecanismos de proteção contra a corrosão muito mais severos nas regiões litorâneas.

 

Steel structures are used in several applications in civil construction, with advantages related to other types of constructions, such as lightness and speed in the execution of the work. However one of the biggest problems in this type of construction system is the atmospheric corrosion to which the structural steel used will be subjected. With the objective of evaluating the resistance to atmospheric corrosion, in this work, exhibiting panels were constructed, in accordance with NBR 6209, to maintain common and skid structural steel specimens for an initial period of seventy days in two distinct locations, categorized with environmental aggressiveness I and III, respectively inland and coastal in the state of São Paulo. On the surface the degradation process was clearly differentiated, with the same result being pointed out by the alteration of the mass of the samples, which increased during the exposure to the aggressive environment III, since the formed corrosion products did not break off in the short time of the test. Although it is considered that the standard stipulates a minimum time of two years for the test, which is still in progress, this study points out the need to adopt much more severe corrosion protection mechanisms in the coastal regions.

Palavras-chave

Corrosão atmosférica; Estruturas Metálicas; Ensaios de Corrosão; Aços Estruturais.

Atmospheric corrosion; Metallic structures; Corrosion Testing; Structural Steel.

Como citar

Souza, Cícero Lopes de; Kuo, Érika Elis; Silva, Mateus Araújo e; Tavares, Márcio de Morais; Morais, Willy Ank de. ESTUDO COMPARATIVO SOBRE A TAXA DE OXIDAÇÃO DE AÇOS ESTRUTURAIS NO LITORAL E NO INTERIOR DO ESTADO DE SÃO PAULO , p. 161-168. In: 19° Encontro Nacional de Estudantes de Engenharia Metalúrgica, de Materiais e de Minas (ENEMET), São Paulo, 2019.
ISSN: 2594-4711 , DOI 10.5151/2594-4711-33905