Anais do Enemet - Encontro Nacional de Estudantes de Engenharia Metalúrgica, de Materiais e de Minas


ISSN 2594-4711

Título

RESISTÊNCIA À CORROSÃO DO AÇO INOXIDÁVEL DUPLEX UNS S32304 RECOZIDO A DIFERENTES TEMPERATURAS*

CORROSION RESISTANCE OF DUPLEX STAINLESS STEEL UNS S32304 ANNEALED AT DIFFERENT TEMPERATURES

DOI

10.5151/2594-4711-33379

Downloads

Baixar Artigo 7 Downloads

Resumo

O aço inoxidável duplex combina as propriedades mecânicas da ferrita e a resistência à corrosão da austenita, sendo muito utilizado em aplicações industriais que requerem um bom desempenho. Quando submetido a deformações intensas, a austenita transforma-se parcialmente em martensita, aumentando a resistência do aço. Quando o aço é recozido, essa transformação é revertida e a martensita se transforma em austenita, ocasionando um refino de grão do material. Fases secundárias formadas durante o recozimento podem prejudicar suas propriedades mecânicas e corrosivas. Nesse sentido, o objetivo desse trabalho foi avaliar o efeito da temperatura de recozimento na resistência à corrosão do aço inoxidável duplex UNS S32304 laminado a frio. O aço foi submetido à laminação a frio, com deformação de 60%, e posteriormente recozido nas temperaturas de 600°C, 700°C, 800°C e 900°C por um tempo de 0,5 h. A resistência à corrosão foi estudada através da técnica de polarização potenciodinâmica. A laminação a frio promoveu a formação de martensita induzida por deformação (SIM) e a reversão parcial começou a ser observada após recozimento a 600ºC. A ocorrência de SIM promoveu significativa diminuição do potencial de pite e o aumento da temperatura de recozimento aumentou a resistência à corrosão localizada.

 

Duplex stainless steel combines the mechanical properties of ferrite with corrosion resistance of austenite and is widely used in industrial applications in which high performance on such properties are required. When subjected to intense deformation, austenite partially transformed to martensite, increasing the strength of steel. When the steel is annealed, this transformation is reversed and a martensite is transformed into austenite, resulting in a grain refining material. Secondary phases formed during annealing can impair its mechanical and corrosive properties. In this sense, the aim of this work was to evaluate the effect of the annealing temperature on the corrosion resistance of the cold rolled stainless steel UNS S32304 duplex. The steel was subjected to cold rolling, with 60% thickness reduction, and after annealed at temperatures of 600°C, 700°C, 800°C and 900°C for 0.5 h. The corrosion resistance was studied by the potentiodynamic polarization technique. Strain induced martensite (SIM) formation was noticed after cold rolling, and a partial reverse transformation was seen after annealing at 600ºC. The occurrence of SIM promoted pitting potential reduction and the increasing annealing temperature increased localized corrosion resistance.

Palavras-chave

Aço inoxidável duplex; Recozimento; Corrosão.

Duplex stainless steel; Annealing; Corrosion.

Como citar

Ferreira, Marcos Vinícius Fonseca; Perasoli, Daniela Barçante; Silveira, Tatiane Suelen Santos; Maria, Graziele Gianini Braga; Brandão, Dagoberto Santos; Sicupira, Dalila Chaves. RESISTÊNCIA À CORROSÃO DO AÇO INOXIDÁVEL DUPLEX UNS S32304 RECOZIDO A DIFERENTES TEMPERATURAS* , p. 42-52. In: 19° Encontro Nacional de Estudantes de Engenharia Metalúrgica, de Materiais e de Minas (ENEMET), São Paulo, 2019.
ISSN: 2594-4711 , DOI 10.5151/2594-4711-33379