Anais dos Seminários de Redução, Minério de Ferro e Aglomeração


ISSN 2594-357X

Título

EFEITO DA UTILIZAÇÃO DO COQUE VERDE DE PETRÓLEO SOB A FORMA DE SMALL NO ALTO-FORNO

EFFECT OF PET COKE AS SMALL IN THE BLAST FURNACE CHARGE

DOI

10.5151/2594-357X-33937

Downloads

Baixar Artigo 44 Downloads

Resumo

O combustível com menor granulometria, denominado small, pode ser carregado juntamente com a carga metálica, em substituição ao coque, no intuito de melhorar as condições de permeabilidade do gás e a redutibilidade da carga no alto-forno. Na Usiminas, o equilíbrio na geração e no consumo desse material limita o seu uso em taxas abaixo da média nacional. Nesse sentido, foi avaliado o efeito do coque verde de petróleo (CVP) em substituição ao small coque no consumo de combustível e na estabilidade operacional do alto-forno. Os resultados do teste industrial indicaram a possibilidade de substituição até 45 kg/t gusa, com manutenção do fuel rate, da permeabilidade e da produtividade do alto-forno.

 

The fuel with small particle size, known as small, can be charged with the metallic burden, replacing the coke, to improve the gas permeability conditions and the iron ore reduction efficiency in the blast furnace. At Usiminas, the balance between generation and consumption of this material limits its use at rates below the national average. Therefore, it was evaluated the effect of pet coke to replace small coke in fuel consumption and blast furnace operational stability. The industrial test results indicated the possibility of replacement up to 45 kg/t hot metal, with fuel rate maintenance, burden permeability and blast furnace productivity.

Palavras-chave

Alto-Forno; CVP, Small

Blast Furnace; Pet Coke; Small

Como citar

Carvalhido, Adriano Cesar; Gandra, Beatriz Fausta; Rocha, Larissa Rodrigues de Carvalho; Fernandes, Mauro Vivaldino; Bagatini, Maurício Covcevich. EFEITO DA UTILIZAÇÃO DO COQUE VERDE DE PETRÓLEO SOB A FORMA DE SMALL NO ALTO-FORNO , p. 456-467. In: 49° Seminário de Redução de Minérios e Matérias-primas, São Paulo, 2019.
ISSN: 2594-357X , DOI 10.5151/2594-357X-33937